SOBRE TRILHOS: Índia terá seu primeiro trem-bala. Já o Brasil…

tgv_high-spped_train_france

(Marco ASA) – Em qualquer lugar do mundo, o transporte sobre trilhos recebe investimentos e é considerado um modal importantíssimo para desafogar rodovias, manter o ar respirável e transportar mais gente gastando menos. Na contramão da história, o Brasil não investe em sua malha ferroviária, pelo contrário, está sucateando a que já tivemos. Na Índia, ao contrário, os trens são meios de transporte essenciais em um país com mais de um bilhão de habitantes.

Agora, os indianos vão tirar do papel o projeto do seu trem-bala. O nome é pomposo: Mumbai-Ahmedabad High-Speed ​​Rail Project. O trem atingirá os 300 km/hora, mas a média de velocidade será de 250 km/hora. A mídia indiana está questionando o auto custo da obra, mas os benefícios serão compensatórios.

A viagem Mumbai-Ahmedabad (duas cidades mais populosas da Índia), que dura hoje oito horas, será feita em duas horas. Os indianos dizem que isso vai facilitar até mesmo a economia das duas cidades, já que será possível ir e voltar de uma reunião de negócios no mesmo dia, gastando bem menos que uma viagem aérea.

A obra tem desafios, como um túnel de 21 quilômetros e até mesmo um túnel sobre um rio (o que encareceu muito a obra). Inicialmente, os trens levarão 750 passageiros, mas novas composições foram adquiridas com capacidade para 1.200 passageiros.

O projeto de conclusão do projeto (e início de operações) estava previsto para 2023. No entanto, as autoridades locais conseguiram adiantar para 2022. Que inveja!

Enquanto isso, no Brasil – Você deve lembrar que foi apresentado um projeto de um trem-bala brasileiro, que ligaria as cidades de Campinas (SP) e o Rio de Janeiro, passando por São Paulo. Os estudos foram iniciados em 2005, com a conclusão prevista para a Copa de 2014 (sempre a Copa…).

Foi criada uma agência que tocaria o projeto (que já consumiu milhões de reais), a Empresa de Planejamento e Logística (EPL). Agora, a EPL chegou à conclusão de que o projeto só sai do papel pela iniciativa privada e que só seria viável a partir de 2020. Mais uma vez: que inveja da Índia!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s