Iveco começou a produzir o blindado Guarani para o Exército Brasileiro

Imagem

Fábrica brasileira se torna a única do gênero inaugurada pela empresa no Brasil e será base de exportação para a América Latina

A excelência adquirida pela Iveco em sete décadas na fabricação de veículos de defesa na Itália une sua história em caráter definitivo com o Brasil e Minas Gerais. Foi inaugurada a primeira fábrica de Veículos de Defesa da empresa fora do continente europeu. Localizada em uma área de 30 mil metros quadrados – 18 mil de área construída -, no Complexo Industrial da Iveco em Sete Lagoas (MG), a nova unidade produtiva é responsável pela produção dos veículos blindados VBTP-MR, conhecidos como Guarani, frutos da parceria da empresa com o Exército Brasileiro, com alto grau de tecnologia nacional agregada.

“A inauguração da fábrica é mais uma prova da confiança da Iveco no mercado brasileiro, onde investimos constantemente desde o início das nossas atividades, em 1997. A partir de então, a Iveco teve ao menos uma grande realização a cada ano, o que nos permitiu nos tornar não só uma fabricante full liner, mas também uma empresa capaz de entregar soluções de ponta em veículos especiais, como ônibus, caminhões de combate a incêndio e unidades de defesa. A fábrica que entregamos hoje é prova de que detemos um forte e consolidado know-how em todas as áreas do transporte”, afirma Marco Mazzu, presidente da Fiat Industrial Latin America.

Os investimentos realizados pela fabricante em solo brasileiro no passado recente endossam as palavras do dirigente. Apenas nos últimos seis anos, a Iveco somou a uma linha de veículos comerciais leves e médios uma unidade produtiva de caminhões pesados. Além disso, inaugurou, no Complexo Industrial de Sete Lagoas, o único Centro de Desenvolvimento do Produto da marca fora da Europa, tornando a empresa capaz de projetar veículos sintonizados com as especificidades dos clientes locais. Por fim, a Iveco renovou recentemente toda a sua linha de veículos comerciais, lançando a família Ecoline, com caminhões mais eficientes, econômicos e com baixos custos operacionais.

A unidade de Veículos de Defesa é um passo adicional nesse processo de crescimento, em que a Iveco se mostra apta a atingir novas fatias de mercado, a dos chamados veículos especiais. São segmentos de atuação em que a fabricante já possui mercado consolidado em várias partes do mundo e que, gradativamente, estão sendo trazidos para o mercado brasileiro. É o caso dos ônibus, cuja produção comercial se iniciou em 2012; da linha de combate a incêndios Iveco Magirus, que estará presente nos aeroportos brasileiros a partir de 2014; e, agora, da unidade de Veículos de Defesa.

“Acreditamos que a inauguração dessa fábrica seja um motivo de orgulho para Minas Gerais e para o Brasil, agora posicionados novamente entre o seleto clube mundial de produtores desse tipo de tecnologia. A qualidade do Guarani o coloca também como um produto apto a ser exportado, o que irá levar o nome do estado e do País além das nossas fronteiras. Ressaltamos que a produção deste veículo blindado é apenas o primeiro passo de nossas ações com Veículos de Defesa no país”, completa Mazzu.

Imagem

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s