Novo Prisma, a versão sedã do Onix, chega custando R$ 35 mil com direção, abs, airbag e sensor de série

Imagem

Traseira muito bem desenhada, num projeto 100% brasileiro

(Marco ASA) – A Chevrolet do Brasil vive novos tempos, com mais competitividade. Lançar o Onix, um hatch do porte (e inspirado) no líder de mercado, o VW Gol, foi uma tacada acertada e o carro já é o sexto mais vendido do país. Agora, aliar o desenho arrojado e a funcionalidade do Onix, com um porta-malas maior, torna a “receita” quase irresistível para quem gosta de pequenos sedãs. O novo Prisma foi apresentado hoje (27) em Joinville (SC) para parte da imprensa especializada.

Com o lançamento do Prisma, que será oferecido com motores 1.0 e 1.4, a Chevrolet mantém a supremacia em um segmento do qual sempre foi especialista. Afinal, já tivemos  “best-sellers” como o Chevette, o Opala, o Astra e, agora, o Cobalt, num andar “acima” do Prisma que vemos agora.

O novo carro manteve o design arrojado da frente do Onix com uma solução traseira, no terceiro volume, que lhe caiu muito bem. Aliás, ficou tão bom que eu arrisco dizer que o sedã é mais bonito que o hatch. De um certo ângulo, notamos que a solução encontrada de criar um porta-malas bojudo e alto, pareceu até a adotada em alguns modelos da BMW na “era” Chris Bangle (design polêmico que renovou a linha BMW) .

O Prisma chega ao mercado custando de R$ 34.990, na versão LT com motor 1.0, e chega a R$ 45.990, na versão LTZ com motor 1.4. A novidade é que TODAS as versões do Prisma já vêm com  sensor de estacionamento, direção hidráulica, ABS/EBD e airbag frontal. Grande estratégia da Chevrolet.

“O lançamento do Chevrolet Prisma 2013 consolida um dos mais importantes planos de investimentos dos 88 anos de história da GM no Brasil. Foram mais de R$ 5 bilhões empregados na renovação da linha de produtos e na ampliação e modernização de nossas fábricas. O Complexo Industrial de Gravataí é hoje o maior da América do Sul e o sucesso do Onix nos permite antecipar uma trajetória vitoriosa para o novo sedã compacto”, destaca o presidente da GM América do Sul e GM do Brasil, Jaime Ardila.

Motores – Em sua versão 1.0, rende 80 cavalos quando abastecido a etanol e 78 cavalos com gasolina, ambas a 6.400 rpm. O torque máximo, com etanol, é de 9,8 kgfm a partir de 5.200 rpm, e 9,5 kgfm quando alimentado a gasolina, na mesma faixa de rotação. A velocidade de 0 a 100km/h é atingida em 13s (etanol) e 12,7s (gasolina).

Já a versão 1.4 entrega 106 cavalos quando abastecido a etanol e 98 cavalos a gasolina, ambas a 6000 rpm. O torque máximo, com etanol, é de 13,9 kgfm a partir de 4800 rpm e 13,0 kgfm quando alimentado a gasolina, com mesma rotação. Abastecido com etanol, Prisma vai de 0 a 100 km/h em 10,7s (etanol) e 12s (gasolina). T anto na versão 1.0 quanto na 1.4, a velocidade máxima é de 180 km/h.

Sempre lembrando que são dados fornecidos pela fábrica. Com o novo Prisma, há que se pensar: será que teremos novamente um sedã no topo dos mais vendidos do Brasil, a exemplo do Monza, em 1986?

PRIMEIRAS IMPRESSÕES:

GOSTAMOS:

– DESIGN: Ficou ainda mais bonito de que Onix hatch;

– EQUIPAMENTOS: Vir de série com direção, airbag, abs e sensor de estacionamento faz toda a diferença;

– ACABAMENTO: Uma evolução no segmento. É um carro “agradável ao toque”.

NÃO CURTIMOS:

– As calotas na versão de entrada além de feias, parecem muito frágeis;

– Não custava nada oferecer o ar-condicionado de série. O HB20 já vem com o equipamento de série;

– A panelinha das montadoras que continua excluindo blogs automotivos, enquanto na Argentina os blogueiros especializados em automóveis são maioria nos eventos.

Imagem

A frente do Onix ficou ótima em um sedã

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s